Header Ads

A paz inalterável do amor

 

Risques Pereira – o Regresso


A paz inalterável do amor gratuito que ninguém quer

a saudade sempre penetrante do amigo morto que ninguém quis

os flagelos para os outros e para sempre com os outros

os nossos irmãos inexplicáveis de perfis irreconhecíveis

a caligrafia escrita no tempo

tudo isto

talvez valha qualquer verdade que te disse

e me esqueci.

 

 

(Henrique Risques Pereira, poeta português, in Transparência Do Tempo (poesia). Edição de perfecto e. cuadrado quase. 2003. Fonte: Canal Poesia)


11 comentários:

  1. Oi Lilian!!

    Mais uma vez estamos aqui sem entender a mensagem do poema, mas, tenho certeza que com a frequência que tenho visitado seu blog em algum momento vou acabar aprendendo a interpretar melhor os poemas que você traz pa ara a gente!!

    Beijos!
    Eita Já Li

    ResponderExcluir
  2. Oi!!

    Eu gosto muito de quando você posta essas poesias, eu sempre fico bastante reflexiva.
    Gostei dessa que voê selecionou, eu senti algo como um amor que a gente tem dentro da gente e as vezes é dificil das pessoas receberem esse amor, mas é sempre algo que vale a pena né.
    Gostei!

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    Sempre que visito o blog tenho ótima dicas de poesias e poemas. Confesso que não tenho costume de pegar livros com poesias e poemas para ler, mas gostou de ler aqui e receber momentos de reflexão.Gostei da poesia.

    Bjos
    https://consumidoradehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Que linda e intensa poesia. Sinto que às vezes elas me levam a pensar em algo que talvez pela minha rotina do dia-a-dia não pensaria em nenhum instante, e isso pra mim é muito bom. Adoro demais os textos que você traz por aqui, e esse foi mais. Ótima postagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Ainda assimilando e vendo o que significa para mim, mas é fato que é uma poesia para se fazer pensar e sentir e também muito intensa na mensagem independente da interpretação.

    Um beijo
    Leitura Terapia

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Ainda assimilando e vendo o que significa para mim, mas é fato que é uma poesia para se fazer pensar e sentir e também muito intensa na mensagem independente da interpretação.

    Um beijo
    Leitura Terapia

    ResponderExcluir
  7. Olá, gosto bastante dos poemas, alguns levo mais tempo para ler talvez por não ter o hábito, preciso ler mais esse gênero tão significativo.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma