Header Ads

Resenha – O poder do cérebro e da mente

 


Antes de qualquer coisa, preciso relatar como conheci o trabalho de Conceição Trucom, há mais de sete anos, muito doente, com insônia, sentido dores, brincando com o controle de TV, passando de canal em canal, a fala dessa mulher, em um programam de culinária, me chamou atenção.

 

Como já estava bastante desacreditada pela medicina alopática, visto que nada tinha cura e a Trucom estava falando de alimentação consciente e seus benefícios para corpo, não tinha nada a perder. Foi a primeira vez que ouvi falar em Alimentação Viva, Crudivorismo, etc. Depois desse dia, minha vida mudou completamente e aquilo que não tinha cura, como um ‘milagre’, voltou a ser saudável e alcalino. Aos poucos, fiz mudanças em minha rotina, me tornei Crudivegana, reaprendi muita coisa, descartei outras e sigo integrando saúde ao corpo, mente e espírito.

 


Em seu livro O Poder do Cérebro – Um Guia prático para a sua Saúde Mental, Emocional e Psíquica, Editora Cultrix, Conceição Trucom estimula o leitor a repensar a saúde do cérebro, tanto o que já conhecemos que está em nossa caixa craniana, como o segundo cérebro, o intestino ou o Sistema Nervoso Entérico (SNE).

 

A relação do cérebro com os intestinos – sistema gastrointestinal ou digestivo –, já era muito conhecida pelas medicinas milenares, como Ayurvédica, a Tradicional Chinesa e a Tibetana, mas só mais recentemente, a partir das últimas décadas, vem sendo desvendada pelos cientistas ocidentais. E eles vêm comprovando a autonomia do segundo cérebro por sua habilidade em produzir arcos reflexos – transmissões de estímulos entre os neurônios sensitivos, associativos e motores – que lhes permite tanto captar as informações como processá-las e responder de acordo com a necessidade do momento. Em outras palavras, os intestinos também ‘pensam’, ‘decidem’ e executam tarefas assim como o cérebro.

 

Nesse sentido, a autora vai contextualizando a relação do cérebro com as três mentes, nossas emoções e sentimentos como euforia, amor, paixão, pânico, depressão, raiva, etc. A relação da respiração com o sentimento e tudo sem desconsiderar a espiritualidade. Espiritualidade não é religião.

 

Quando a pessoa é ansiosa, a falta de fé é uma constante na sua vida; essa falta de fé torna-se uma emoção não curada que bloqueia, a todo momento, a atenção às emoções e às intenções pessoais e dos outros. As emoções não curadas provocam ao longo do tempo uma inabilidade para o ‘estar presente’, portanto leva ao não entendimento pleno com as pessoas e com a vida, com o mundo da realidade.

 

Essa fé trazida pela autora, não é uma fé religiosa, institucionalizada, judaico-cristã. A fé é a energia que nos faz acreditar em algo, que sempre existe muito para acontecer e se saber. Ou seja, neste caso, o ansioso sofre com o futuro e esquece o presente, dessa forma, quem tem a fé, ou emoções saudáveis, não tem o controle sobre o futuro, então vive o presente.

 


Assim, Trucom vai esmiuçando o máximo que essa temática tem a oferecer, dialogando com a noção de consciência e inteligência e com os alimentos regeneradores de células, alimentos neuroprotetores (A parte que mais gosto), os benefícios do jejum e feitos fisiológicos, etc. Dando ênfase, com um capítulo especial, ao sono. “Os sonhos e o sono reparador propiciam transformações e novos comportamentos”.  Por fim, e muito importante, a autora dedica várias páginas do livro com exercícios e a função deles no corpo.

 

Conceição Trucom continua sendo uma grande estimuladora para mim dentro de uma vida consciente que extrapola a alimentação, mas se configura em uma relação harmônica com a Terra, com Gaia. Um dos principais fatores para que eu tenha todos os seus livros e acompanhe seu trabalho, é que ela não é radical e muito menos rígida. Assim, é muito fácil trazer essa noção de uma vida saudável e consciente para o dia a dia, mesmo quando estava desempregada, morando na cidade ou com acesso a poucos recursos.


6 comentários:

  1. Oi!!

    Nossa deve ser mesmo uma leitura incrivel e trasnformadora! Eu gosto muito quando esses acasos acontecem, eu comecei meu processo de trasição pro vegetarianismo assim, encontrando alguém que falou algo que eu precisava ouvir. Eu sempre tive muita dificuldade em reter nutrientes e carne de animal sempre me fez mal, foi algo transformador. Anotei a dica aqui! Adorei

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem? Adorei a dica! É sempre maravilhoso quando encontramos uma inspiração para mudar o nosso estilo de vida e para algo que seja benéfico. O nome dela não me é estranho, já devo ter ouvido dicas, por isso adorei a postagem. Quero muito conhecer!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Uau! Deve ser de fato uma leitura e tanto
    Eu sofro muito com insônia e vivo cansada, não importa o quanto eu descanse, não sei, nada resolve, é péssimo, só quem passa sabe...
    Achei a temática do livro bem interessante, eu leria com certeza! É necessário ter fé na vida e viver o presente, o futuro está fora do controle de nossas mãos, podemos traçar um caminho, mas segui-lo a risca é impossível saber!
    Adorei ❤️
    Gabrielle Garcia

    ResponderExcluir
  4. Achei a temática do livro bem interessante, eu leria com certeza! É necessário ter fé na vida e viver o presente, o futuro está fora do controle de nossas mãos, podemos traçar um caminho, mas segui-lo a risca é impossível saber!
    Adorei ❤️
    Gabrielle Garcia

    ResponderExcluir
  5. gosto dessa perspectiva de uma fé não voltada a ideia cristã, e ler sua resenha me deixa mais aberta a possibilidade de ler o livro mesmo não sendo um título que eu talvez leria mas saber sua experiencia com a autora da uma motivada.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma