Header Ads

Amigas / Javier Sologuren #PoesiaRotaMundo

 


Será que da rosa

 

se esquece

 

a borboleta?

 

E a rosa

 

dormida

 

não sonha com ela?

 

Acaso a celeste

 

e fiel

 

borboleta

 

não é a amiga

 

preferida

 

da rosa?

 

(Javier Sologuren, in Poemas com sol e sons. Coleção Latinoamericana. Melhoramentos Editora, 1ª ed. 2019)

 

Sobre a autora:

Javier Sologuren (1921 – 2004) nasceu em Lima, Peru, seu trabalho, no âmbito universitário e cultural, proporcionou-lhe múltiplas distinções. Recebeu o Prêmio Nacional de Poesia em 1960. Algumas de suas obras são Vida Contínua, As Uvas do Racimo e Antologia Geral da Literatura Peruana.


***

 

Poesia selecionada para o projeto RotaMundo em parceria com o blog Na Literatura Selvagem que neste mês terá poetas dos países: Paraguai, Bolívia e Peru.


Um comentário:

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma