Resenha - Onde Cantam os Pássaros




29 fevereiro 2016


Onde Cantam os Pássaros, de Evie Wyld, 240 páginas, Editora Darkside Books, foi o livro que escolhi para o desafio Poisonous Bloggers Challenger 2016, organizado pelo blog Conversas de Alcova, e, no mês de fevereiro, pedia o livro mais bonito da estante. Então, acredito que esse foi o melhor momento para apreciar a escrita da Evie Wyld. A autora ganhou os prêmios Rhys John Llewellyn, de 2009; Encore, de 2013; Franklin Miles, de 2014; e o European Union Pize for Literarure.


Envolto num clima de suspense, o livro terá como personagem central Jake Whyte, uma mulher que vive numa fazenda sozinha cuidando de ovelhas. O que chama a atenção dos moradores locais, afinal, ninguém sabe nada da vida daquela misteriosa jovem. Misteriosamente, as ovelhas de Jake começam a morrer de forma brutal, ou melhor, serem atacadas. Encontrar o responsável pelos ataques passa a ser prioridade da vida da solitária Jake.

‘Outra ovelha, mutilada e coberta de sangue, as vísceras ainda frescas e o vapor subindo dela como um pudim recém cozido. Corvos esvoaçam e crocitam, com os bicos reluzentes, e quando agito meu cajado eles voam para as árvores, observando, abrindo suas asas. Cantando, se é que pode dizer isso.’

O livro, pautado em dois momentos da narrativa, mostra o presente da protagonista envolta no mistério de suas ovelhas, e o passado, quando Jake ainda vivia na Austrália, uma tentativa de explicar o motivo de a personagem ser solitária, arredia, etc.

Apesar da excelência da capa, lógico que isso é uma impressão pessoal, o livro não agradou muito, foi uma leitura maçante, sem ritmo, um enredo pouco trabalhando e basicamente pouco criativo. Pela lógica do enredo, deveria haver um cuidado maior com a marcação de tempo, o que não aconteceu, a cronologia da história destoava com a exigência do momento. Em alguns momentos, dormi.

Eu ainda não desisti da Editora Darkside, mas, semana passada, desisti de comprar dois exemplares por receio de ser similares à Onde Cantam os Pássaros. De qualquer forma, me dei como meta a releitura do livro, mais adiante, quem sabe possa ser aquela impressão momentânea.

Por Lilian Farias 

13 comentários:

  1. pena que tu não curtiu, ele me pareceu ser tão bom... :(
    meio que desanimei pra comprar... se eu ganhar, leio de boa, mas acho que vou dar prioridade a outras obras do catálogo na hora de comprar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Val, infelizmente, comigo não funcionou. Mas sugiro que você dê uma foleada no livro antes de comprar, o problema é que comprei pela internet.

      Excluir
  2. Oi, Lilian
    Nossa, uma pena que o livro deu sono, pois a premissa é bem interessante. Para fazer você dormir deve ter sido uma leitura bem maçante rsrs Quem sabe uma releitura melhore.


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oii! Bom, já ouvi falarem desse livro, mas confesso que não me lembro se foram opiniões positivas ou não, pois o enredo dele não me chamou a atenção, mesmo com a capa tão bem trabalhada e diferente, não é algo que eu compraria, e com sua resenha então.. menos ainda. Beijos! Flores no Outono

    ResponderExcluir
  4. Oii, tudo bem?
    É realmente maravilhoso ver a sinceridade nessa postagem, sempre li elogios referente este livro, no qual sempre aumentou a minha vontade de realizar a compra. Eu realmente preciso folhear ele e tirar minhas opiniões.
    Beijão flor

    ResponderExcluir
  5. Já li outra resenha reclamandi da mesma coisa entre as passagens de tempo. Por mais que eu fique curiosa de saber o que aconteceu com as ovelhas não tenho vontade de ler.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  6. Pois é, né, uma capa bonita não é tudo, acontece. Pelo que ouvi falar de Os senhores dos dinossauros, outro livro da Darkside bem alardeado no lançamento, é mais que não proporciona uma boa leitura, fica a dica. Onde cantam os pássaros ainda é um livro que tenho vontade de ler, apesar de tudo, me parece ter uma trama interessante.

    ResponderExcluir
  7. Poxa,uma pena o livro não ter funcionado pra você. De fato é um livro esteticamente muito bonito,mas não adianta se a leitura não rende. Parabéns pela honesta resenha.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Comprei esse livro mas ainda não li. Percebo que é um livro que divide opiniões, uns amam outros odeiam, mas devo concordar que em termos técnicos está obra está linda e atrai qualquer um mesmo sabendo dos riscos.
    Eu quero ler,a partir da leitura formarei minha opinião do mesmo.
    Gostei de sua resenha, foi sincera e direta.

    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  9. Um fato curioso: Não gosto dessa capa!Para mim é muito enfeitada, ainda mais para algo voltado pro suspense. Ainda não li essa obra, mas tenho medo quando vejo que não souberam desenvolver muito bem, afinal, se não investir no suspense fica bem chato mesmo. Adorei sua resenha, muito sincera.

    ResponderExcluir
  10. Oiee,
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro (e vários outros livros da editora, mas né $$$$ caro hehe), você foi a primeira pessoa que eu vi que não gostou muito do livro, se eu comprar um dia espero gostar hehe.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Concordo com você, a capa deste livro é realmente linda, acho todas as capas da Darkside perfeitas. Também acho que às vezes não gostamos de um livro no primeiro momento e vamos mudando de opinião depois!
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  12. Oi, Lilian.
    Acredita que não acho essa capa bonita? Então não fiquei com muita vontade de saber sobre o que o livro se tratava, mas quando comecei a ler a resenha e soube que é um mistério, que a mocinha é sozinha e a questão das ovelhas, fiquei curiosa! Pena que tu não gostou. O livro parecia ser bem interessante. Mas se é maçante pra mim também não serve.
    Beijos <3

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma